• Desenvolvimento Web
  • 6 minutos de leitura
  • 189 visualizações avalie

O que é UX Design: A experiência do usuário

O UX Design, abreviação de User Experience (UX), que em português quer dizer Experiência do Usuário (EU), é um conjunto de elementos e fatores relativos à interação do usuário.

 

Essa interação pode ser feita com um produto, sistema ou serviço digital, cuja apresentação gera uma percepção positiva ou negativa.

 

O termo foi utilizado pela primeira vez por Donald Norman, nos anos 90. Segundo ele, a experiência do usuário não envolve somente aspectos relacionados ao design, como hardware, interface e usabilidade. Mas, sim, envolve também os aspectos afetivos e experienciais do usuário.

 

E é aí que entra o seu diferencial.

O principal conceito do design UX é, justamente, influenciar o processo pelo qual os usuários formam experiências.

 

Desde o momento em que o usuário entra em contato com o produto ou serviço pela primeira vez, ele cria sensações. Essas sensações vão da primeira impressão até o fim da interação do usuário com o seu site criando todo tipo de respostas emocionais.

 

São essas respostas que vão ditar se a experiência desse usuário será positiva ou negativa.

 

A experiência do usuário é, basicamente, como uma pessoa se sente enquanto usa qualquer produto ou serviço digital. Aí entra toda a gama de softwares, sistemas, aplicativos, sites e blogs. Além da sensação durante o uso, tem a ver também com a sensação do usuário após o uso do produto.

 

Para entender melhor, imagine que a ideia do UX Design é elaborar todo um plano para que a experiência do usuário seja a melhor possível.

 

Ele cria protocolos de interação, pensando exclusivamente na relação do usuário com o produto. Busca atar toda a gama de sentimentos que esse produto e essa interação vão causar no usuário.

 

Para isso, é importante muito estudo sobre o público-alvo e o comportamento do consumidor.

 

Agora fica mais fácil entender que o UX Designer elabora como será a relação entre o uso do serviço e a interação e como isso afeta as emoções e experiências do usuário.

 

Sempre priorizando, claro, que essas emoções e experiências sejam altamente positivas. Que, por consequência, trarão bons retornos para a empresa detentora do produto ou serviço, como uma venda, um feedback positivo, uma recomendação, etc.

 

Então, como não errar e usar o UX Design e a experiência do usuário a seu favor?

O que é UX Design: A experiência do usuário

ux e ui design: experiência e interface

Você já passou por uma situação onde acessou um site ou app, se interessou por um serviço ou produto e desejou entrar em contato com um consultor ou vendedor para saber mais ou pedir um orçamento?

 

Procurou pelo site inteiro para encontrar uma forma de contato e não encontrou nada satisfatório? Um endereço de e-mail, telefone ou formulário?

 

Se isso acontece, a experiência do usuário, com certeza, não será das melhores. Nesse caso, fica claro que o UX Design falhou.

 

Se o seu site não guiar os usuários da forma correta pela interface, eles dificilmente encontrarão o que desejam. Assim, dificilmente efetuarão as ações que você deseja também.

 

Com isso, o seu objetivo, seja vendas, interação, cadastramento, etc, vai fracassar.

 

Mas, esses problemas não são causados apenas por uma má elaboração do UX Design. O sucesso da sua empresa e do seu produto depende da harmonia entre UX e UI Design.

 

Mas e o UI Design, o que é?

O que é UX Design: A experiência do usuário

ux e ui design: experiência e interface

O UI Design, User Interface ou também Design de Interface do Usuário, é a ferramenta do design que cria a aparência e o caminho que o usuário fará. Isso vai acontecer dentro do dispositivo, software ou aplicativo, guiando sua interação por meio de botões, menus e demais elementos.

 

Com essa ferramenta sendo bem executada, é possível controlar e guiar as ações do usuário, incentivando a clicar, ler, interagir ou consumir qualquer ideia ou produto.

 

Ou seja, dentro do universo do design voltado para a experiência do usuário, o UX idealiza o projeto e a interação e o UI executa, ou “coloca no papel” o projeto e elabora a interface da forma como o UX idealizou.

 

Para você ter uma ideia, as interfaces estão presentes na nossa vida o tempo inteiro e a gente nem percebe. Por exemplo, o visor do micro-ondas é uma interface. E ela precisa ser bem intuitiva.

 

Sem nada além de botões, ela nos guia para executar o preparo de todo tipo de comida e a gente simplesmente confia, porque todas as nossas principais necessidades já foram pré-estabelecidas e projetadas.

 

É por isso que incorporar uma interface funcional ao seu produto é muito importante. É dessa forma que se otimiza a confiança e a conversão do seu usuário, em todas as áreas do seu negócio.

 

E o que é uma interface funcional?

Para uma interface ser funcional e assertiva, ela precisa ser “simples”, fácil de usar e, principalmente, intuitiva.

 

É assim que você consegue guiar o seu usuário pelo caminho que você deseja e ainda oferecer a ele uma experiência agradável. Com isso, ele também encontre o que deseja.

 

Ou seja, uma boa UI Design se antecipa e soluciona as necessidades do usuário antes mesmo delas acontecerem. Isso também garante que a interface contenha todos os elementos necessários para a utilização do software, aplicativo ou sistema.

 

Além disso, garante que esses elementos sejam de fácil acesso e utilização, sem causar frustrações ao usuário durante a utilização e depois dela.

 

Experiência do usuário e interface do usuário como um só

Assim, fica fácil de ver que o universo UX e o universo UI se juntam para criar a navegação ideal. A ideia do UX Design sendo bem executada pelo UI Design, criando a interação mais positiva possível.

 

Nos dias de hoje, fica difícil desvincular um do outro, porque o UI Design é a interação entre a interface e o usuário, é a parte prática, visível e tangível.

 

Já o UX Design estuda como essa interface e tudo que ela representa vai impactar o usuário. Quais sensações e emoções ele vai sentir e quais benefícios esses sentimentos irão trazer.

 

Preocupar-se com ambos os caminhos é princípio fundamental para contemplar todos os usuários. Com esse posicionamento, a interação dos seus usuários com a sua empresa, seu produto ou serviço, vai positivar ao máximo a experiência do usuário.

 

As vantagens que por ventura surgirem, são apenas consequência de uma boa comunicação.

Feedback

Me diga aqui abaixo nos comentários o que você achou desse post

Compartilhe com

Este website utiliza cookies próprios e de terceiros para garantir um melhor serviço e experiência de utilização. São utilizados para personalizar conteúdos e anúncios, providenciar funcionalidades das redes sociais e analisar tráfego. A informação sobre a sua utilização no nosso website também é partilhada com parceiros de redes sociais, publicidade e análise.